Posts com Tags rsync

Utilizando rsync + ssh

Bem hoje será uma nota rápida que tive que procurar ajuda no google ( obrigado amigão ) porque somente pelo manual não consegui resolver.

O problema: Uma das máquinas que precisava ser sincronizado o conteúdo via rsync + ssh não estava usando a porta padrão do ssh 22 e sim uma porta modificada que nesse exemplo será a 2200.

o que diz o manual

#man rsync 
....
 -s, --protect-args          no space-splitting; wildcard chars only
     --address=ADDRESS       bind address for outgoing socket to daemon
     --port=PORT             specify double-colon alternate port number
....

Só que para mim não funcionou. 🙁

a sintaxe é simples.

rsync -avz -e ssh  /var/www/html  usuario@host.destino.com.br:/var/www/

Porém dessa forma não funciona porque a porta do ssh não é a padrão então será necessário modifica-la ficando dessa forma.

rsync -avz -e ssh --rsh='ssh -p2200' /var/www/html  usuario@host.destino.com.br:/var/www/

Pronto resolvido agora o ssh utilizará a porta 2200 que é a porta correta.

Estou escrevendo esse post mais para poder ter um local de consulta posterior porque já precisei disso pelo menos umas três vezes.

Tenha uma ótima semana de trabalho amigos.
Fui….

Tags: , ,

Utilizando Rsync

Nesta manhã tive que fazer a sincronia entre dois servidores.
Primeira coisa que me veio a cabeça foi fazer o bom e velho scp. Vamos com calma, que bicho é esse?
Para fazer copia de arquivos em máquinas UnixLike (linux, BSD, Mac, Solaris, etc). O comando é simples:

cp url_arquivo_origem/nome_arquivo_origem url_arquivo_destino/arquivo_destino.

Isso pode ser feito através da rede também utilizando o comando scp, definição da Wikipedia.

“Secure Copy ou SCP é um meio seguro para transferir arquivos entre um host local e um remoto ou entre dois hosts remotos, usando o protocolo SSH.
O termo SCP pode ao mesmo tempo referir-se ao Protocolo SCP ou ao Programa SCP.”

Bem isso era o que eu precisava para sincronizar meus servidores com um detalhe que era crucial, existem arquivo do tipo .pdf que são pesados e desnecessários para minha
sincronia.

Procurando um pouco na internet encontrei uma segunda forma que seria o RSYNC que faz quase a mesma coisa com a diferença de você passar o caminho e ele se
virar para verificar as diferenças.
Definição da Wikipedia:
rsync é um utilitário para sincronização de arquivos e diretórios entre duas localidades diferentes enquanto minimiza a transferência de dados.

Sua sinatxe:

 rsync -Cravzp /home/valdinei/arquivos/ /var/backups/arquivos/

ou

rsync -Cravzp /home/valdinei/arquivos /var/backups/

Do primeiro modo será sincronizado dos os arquivos que se encontram dentro da pasta arquivos no meu home para a pasta arquivos que se encontra dentro de backups

Da segunda forma estarei sincronizando a pasta arquivo com a pasta backup, como assim? Caso exista a pasta arquivos dentro de backup ele vai buscar o conteudo que esta na pasta
arquivos na minha home e colocará as diferenças dentro da pasta arquivos na pasta backup.
E se caso a pasta arquivos não existir dentro da pasta backup será criada com todo o conteúdo.

Isso me faz exatamente o que o scp faz :). Agora vem que eu precisava o rsync permite que você exclua certo tipos de arquivos que contenham uma cadeia de caracteres
especifico.

Então para resolver meu problema fiz a sincronia desta forma:

rsync -avz /home/valdinei/arquivos /var/backups/ --exclude *.pdf*

E para fazer entre maquinas destintas na rede seria assim:

rsync -avz -e ssh  valdinei@host1:/home/valdinei/arquivos /home/valdinei/arquivos --exclude *.pdf* --exclude *.PDF*

As opções são:

-a  Enviar Todos os Arquivos
-v Mostrar todas as mensagens
-z Enviar de mod compactado.
-e ssh  Utilizando o tunelamento de ssh

Agora fazendo pela rede.
Acho que isso é tudo por hoje.
Dinei.

Tags: , , ,